Sobre mudanças!

Olá, tudo bem?

 

Acredito fortemente que mudar é a atitude de romper com aquilo que não está funcionando.

Mudar: para você é difícil, fácil ou mais ou menos?

Eu conheço pessoas que têm muita facilidade e flexibilidade para mudanças, outras nem tanto e algumas que estão exatamente iguais (crenças, visão de mundo, etc) há 40 anos. Criar raízes pode ser muito importante para elas. O novo, quem sabe as assuste.

Mas também pode ser que o novo estimule e energize sabia?

Você já sabe que não vou julgar como certo ou errado qualquer comportamento ou modo de pensar sobre MUDANÇAS não é mesmo?!

A intenção desse post é despertar uma reflexão sobre a autoconsciência necessária para identificarmos os momentos pelos quais passamos. Então criar coragem para deixar o que não está funcionando – MUDAR.

Deixa eu te contar uma história. É de uma mulher que conheci. Empreendedora de carteirinha e muito forte em suas convicções.

Nos últimos 20 anos tudo tinha ido muito bem nos empreendimentos até que ela resolveu inovar sem muito planejamento de custos e logo a crise finaceira “bateu” à sua porta. Quando abordada pelos funcionários de confiança sobre o momento de rever a estratégia, ela dizia: “Perseverança é um valor para mim por isso seguirei em frente nesse projeto”.

Passou mais um tempo e todos já haviam percebido claramente, menos ela, que não seria possível ter sucesso daquela maneira que ela idealizou e seriam necessárias mudanças. Mas quando questionada, falava com orgulho dos sucessos anteriores e que  perseverança era a sua marca pessoal.

À essa altura até mesmo os familiares já viam a derrocada e a chamaram para uma conversa sobre a necessidade de mudanças urgentes.

Uma das filhas então questionou: “Você está agindo com perseverança ou teimosia”?

Essa história me faz refletir se conhecemos o tênue limite de quando deixamos de PERSEVERAR e passamos a TEIMAR.

Na história da mulher o final não foi feliz. Mesmo sendo alertada, teimou e faliu. E viveu todas as duras consequências da sua escolha.

Os momentos de dúvidas chegam para todos. Até mesmo aqueles que têm acumulado sucessos ao longo de anos. Ah como o feedback honesto e amoroso é importante não é mesmo? Mas tão importante quanto, é ouvir feedback.

A consciência dos fatos se amplia e a nossa visão se abre quando corajosamente assumimos que talvez seja necessário avaliar e talvez até mudar.

Há diversas maneiras para que isso aconteça e uma delas é ouvir quem realmente se importa com a gente!

Se você é uma daquelas mulheres afortunadas que têm pessoas sábias ao seu redor, que se importam o suficiente para te questionar com o objetivo de ampliar a sua visão, então “agarre isso” com as duas mãos.

Existe um paradigma perigoso de que mudar é não ser forte suficiente para continuar.

É bom lembrar que muitas dores desnecessárias podem ser evitadas na vida: quando ouvimos à nós mesmas, as pessoas que nos amam e mudamos a rota.

Haverão momentos que mudar será uma prova de amor à si mesma.

Boa autoconsciência pra você!

 

 

Um abraço afetuoso,

Gisele Cipili

 

 

Receba nossas Atualizações

Cadastre-se para receber nossas atualizações…

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on pinterest

Não pare por aqui

Leia também

Liderança

Vida e Trabalho

Passamos provavelmente a metade das nossas horas de vida trabalhando. É compreensível que a busca por propósito seja uma necessidade de muitos, principalmente quando as

Vida

Encerrando Ciclos

(Esse é o único texto aqui no Blog que copiei e colei porque valeu a pena! É de uma escritora Colombiana que escreve sabiamente sobre

Mulheres

O Antídoto para o medo e o amor.

Naquela noite chovia muito e quando os raios e trovões batiam à minha janela, também estremecia uma pequena alma de criança. Eu só tinha cinco

Fechar Menu

Inicie o Teste de Inteligência Emocional

Abrir chat
1
Fale comigo diretamente pelo Whatsapp!
Powered by